O homem que tatuou a testa de adolescente (com a frase "ladrão e vacilão") faz revelações sobre o caso

Entrevista de Maycon Wesley dos Reis, que tatuou a testa de um adolescente há cerca de dois anos. Durante a conversa, ele afirma "que agiria de outra forma" caso passasse pela mesma situação e fala do período em que ficou preso. Ruan, o rapaz que teve sua testa tatuada pelos agressores, recebeu tratamento durante quase 2 anos na Clínica Grand House para a dependência química. Veja aqui o que os especialistas falam sobre a recaída de Ruan.